Isofonia 2011 - PLANOS DE MONITORIZAÇÃO E REDUÇÃO DE RUÍDO Os Planos de Monitorização do ruído terão como objectivo o acompanhamento da evolução dos níveis  sonoros na envolvente do traçado, a aferição da adequabilidade das medidas de minimização  existentes ou a verificação da necessidade de implementação de medidas de minimização.  De acordo com o ponto 3, do artigo 18º, do DL 9/2007, quando os valores limites definidos no artigo  11º são excedidos, devem ser adoptadas as medidas necessárias para o seu cumprimento.  Primeiramente devem ser adoptadas medidas de redução na fonte de ruído e se necessário,  posteriormente, devem ser adoptadas medidas de redução no meio de propagação de ruído.  As medidas de minimização do ruído preconizadas para os projectos rodoviários podem consistir na  implementação de barreiras acústicas artificiais ou naturais, ajuste de traçado e aplicação de  pavimento poroso com características absorventes. O objectivo dos Planos de Redução de Ruído ou medidas de minimização é dar cumprimento ao  Decreto-Lei nº 9/2007, ou seja, garantir que para as zonas afectadas e classificadas como zona mista,  o nível máximo de ruído admitido, seja inferior a 65 dB(A) para o indicador Lden e inferior a 55 dB(A)  para o indicador Ln, nas zonas sensíveis, o nível máximo de ruído admitido, seja inferior a 55 dB(A)  para o indicador Lden e inferior a 45 dB(A) para o indicador Ln e nas zonas não classificadas o nível de  ruído admitido, seja inferior a 63 dB(A) para o indicador Lden e inferior a 53 dB(A) para o indicador Ln.  Mapa do Site